1 abr

FEIRA DA SAUDE ACSP - folder

Curso de prevenção do uso de drogas para educadores de escolas públicas

27 mar

Curso de extensão universitária, gratuito, na modalidade de Educação à Distância, dirigido a educadores do ensino básico sobre temas referentes à prevenção do uso e abuso de crack e outras drogas dentro do contexto escolar:


Público-alvo: educadores da rede básica de ensino. Serão priorizadas as escolas que fazem parte dos programas Saúde na Escola, Saúde e Prevenção nas Escolas, Mais Educação e Brasil sem Miséria.

Pré-requisito: participação de, no mínimo, 5 educadores por escola.
Didática: material impresso, tutoria, vídeo-aula e teleconferências.

Total de vagas em 2012: 70 mil .

Carga horária: 180h/aula, sendo 120h/aula de teoria e 60h/aula de prática.
– 120h/aula de teoria para elaboração de projeto de prevenção a ser implementado, de modo prático, na escola. O projeto deve levar em conta a realidade escolar e a sua articulação com os recursos existentes na comunidade.
– 60h/aula: implantação do projeto elaborado pelo grupo de educadores e aplicação do programa Diga Sim à Vida – Turma da Mônica, para crianças, e Turma da Tina e Turma da Mônica Jovem para adolescentes

Duração: 4 meses

Meta: capacitar 14 mil escolas por ano, atingindo aproximadamente 2,8 milhões de alunos/ano e toda a comunidade escolar.

Realização: Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), do Ministério da Justiça em parceria com o Ministério da Educação.

Certificação: Universidade de Brasília (UnB)

27 mar

clinica de dependencia

27 mar

curso jurídico

19 mar

11081346_953743734635758_608019747663782013_n

5 mar

960297_695979977178441_2699363837176274279_n

27 fev
A Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD), em parceria com a Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), abriu inscrições para 15 mil vagas da 8ª edição do Curso SUPERA - "Sistema para Detecção do Uso Abusivo e Dependência de Substâncias Psicoativas:  Encaminhamento, Intervenção Breve, Reinserção Social e Acompanhamento".

O curso SUPERA, totalmente gratuito, é dirigido a profissionais das áreas da saúde e assistência social que trabalhem nas redes SUAS, SUS e também em comunidades terapêuticas. O curso visa capacitar estes profissionais discutindo diferentes modelos para a prevenção, intervenção e encaminhamento daqueles que apresentam problemas relacionados ao uso de álcool, crack e outras drogas,.

A capacitação é desenvolvida na modalidade de Educação a Distância (EaD), com carga horária de 150 horas e tem duração de três meses com início previsto para Maio de 2015. Os alunos que concluírem o curso receberão um certificado de extensão universitária emitido pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Os alunos receberão o material didático pelo correio no endereço cadastrado no ato da inscrição e terão acesso às novas tecnologias EAD, com acesso aos sistemas de troca de mensagens no portal específico do curso, acompanhamento por tutores especializados e telefonia gratuita para dúvidas e orientações.

O curso é parte integrante do eixo "prevenção" do programa "Crack, é possível vencer", que prevê, entre outras ações, a ampla capacitação de profissionais das áreas de saúde, assistência social, educação, justiça, segurança pública, conselheiros e lideranças comunitárias e religiosas.

Para se inscrever e acompanhar o curso é necessário possuir acesso à Internet e comprometer-se a participar do curso até sua conclusão, caso seja selecionado.

Inscrições gratuitas: http://www.supera.senad.gov.br/custom/sup8/inscricao.php

Equipe SUPERA

Secretaria de Políticas sobre Drogas oferece 15 mil vagas em curso a distância

25 fev

10993952_540958502713398_2823247554645104742_n

 Brasília, 24/2/15 – A Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad/MJ) abre inscrições para a 8ª edição do curso Supera (Sistema para detecção do uso abusivo e dependência de substâncias psicoativas: encaminhamento, intervenção breve, reinserção social e acompanhamento).

Com mais de 15 mil vagas, as inscrições seguem até o dia 20 de março e podem ser feitas por meio do site do Supera.

Com duração de três meses e carga horária de 120 horas, o curso tem o objetivo de capacitar profissionais das áreas de saúde e assistência social para identificação e abordagem dos usuários de drogas, com foco em prevenção, intervenção e encaminhamento.

Os alunos serão capacitados por meio da modalidade de Educação a Distância (EaD). O início do curso está previsto para o dia 4 de maio. O término para 15 de agosto de 2015.

Público-alvo e vagas remanescentes
O Supera é voltado a trabalhadores diretamente envolvidos com o cuidado, ou seja, Sistema Único de Saúde (SUS) e Sistema Único de Assistência Social (SUAS), incluindo comunidades terapêuticas.

Os critérios de seleção são direcionados para os profissionais vinculados à rede básica de saúde, assistência social, PSF/ESF, CRAS e CREAS. Em caso de vagas remanescentes, a Senad sugere a inclusão de pessoas que lidem diretamente com usuários em ONGs ou comunidades religiosas – além de interessados remanescentes das últimas edições dos cursos Supera e Fé na Prevenção.

Ministério da Justiça
facebook.com/JusticaGovBr
flickr.com/JusticaGovbr
www.justica.gov.br
imprensa@mj.gov.br

(61) 2025-3135/3315

CURSO SUPERA 8 EDIÇÃO

25 fev

Inscrições abertas para a 8ª edição do ‪#‎Supera‬ (Sistema para detecção do uso abusivo e dependência de substâncias psicoativas: encaminhamento, intervenção breve, reinserção social e acompanhamento). O curso é a distância e as inscrições vão até o dia 20 de março. Saiba mais:http://bit.ly/1wlr9Rw

Faça sua inscrição: http://bit.ly/1MPjgsk

Marco Regulamentatorio das Comunidades Terapêuticas

20 fev

Prezados conselheiros,

CONSIDERANDO a necessidade de regulamentação das entidades que realizam o acolhimento de pessoas com problemas decorrentes do abuso ou dependência de substância psicoativa, denominadas ou não de comunidades terapêuticas, sem prejuízo do disposto na Resolução RDC ANVISA nº 29/2011 ou outras que vierem a substituí-la;
CONSIDERANDO a necessidade de prever garantias às pessoas acolhidas, com vistas a preservar seus direitos e evitar a sua institucionalização;
CONSIDERANDO que as entidades que realizam o acolhimento de pessoas com problemas decorrentes do abuso ou dependência de substância psicoativa não são equipamentos de saúde, mas de interesse e apoio dos sistemas de saúde e de assistência social;
CONSIDERANDO a necessidade de interligar as entidades que promovem o acolhimento de pessoas com problemas decorrentes do abuso ou dependência de substância psicoativa com a rede de cuidados, atenção, tratamento, proteção, promoção e reinserção social do sistema único de saúde, do sistema único de assistência social e das demais políticas públicas;

A Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas SENAD e Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas CONAD lançam a minuta do marco regulatório sobre a regulamentação das comunidades terapêuticas em todo o território nacional.

Foi solicitado a participação da sociedade com sugestões sobre o texto base do marco regulatório portanto pedimos a contribuição dos senhores conselheiros com sugestões ate o dia 26.02.2015

Marco Regulamentatorio das Comunidades Terapêuticas

   

 Marta Elena Reis
Assessora técnica de gabinete
Coordenação de Políticas sobre Drogas COED
Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo
(11) 3291-2600 Ramal – 2634 ou 2658

Vera Lucia Bagnolesi
Secretária Executiva
Conselho Estadual de Políticas Sobre Drogas-CONED
Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania
Rua Antônio de Godoy, 122 – 5º – sala 56 – Santa Ifigênia –
01034-000 – SP
E-mail:
vbagnolesi@sp.gov.br
Tel.: (11) 3107 0202 – 3105 3669https://www.facebook.com/conedsp

%d blogueiros gostam disto: